Google quer matar a Wikipedia

O Google está constantemente a lançar novos produtos e a fazer experiências nos já existentes. Também não têm nenhum problema em fechar projectos, como aconteceu recentemente com o Google Answers, em parte com o Google Froogle e mesmo com o Google Video.

Existe algo de especial neste novo produto que o Google anunciou, o Knol (“unit of knowledge”). Ele é simplesmente um Wikipedia killer. Todos temos noção da dimensão que a Wikipedia tomou, e ela deve-se em grande parte ao “apoio” do Google, isto é, ao colocá-la nas primeiras posições para praticamente todas as pesquisas.

O knol é uma mistura da Wikipedia com o Squidoo. Os autores são convidados pelo Google para escreverem artigos dentro da sua área de especialidade, mas só os mais conceituados dentro de cada área são convidados. Caso os autores decidam poderão colocar anúncios nessas páginas e partilhar as receitas dos mesmos.

O Google deixa desta forma de ser só um agregador de conteúdo para passar a ser também um produtor de conteúdo. O Yahoo já adopta esta estratégia, mas o Google tem uma dimensão que faz com assuste só a possibilidade de ele vir a fechar os seus utilizadores “dentro dele”. Já há algum tempo que vejo esta possibilidade cada vez mais como uma realidade.

Temos que ter muito medo?

Tópicos: 

Comentários

A Wikipedia é uma ferramenta muito importante principalmente para pessoas que estudam (nos mais diversos níveis) pois é um grande banco de dados com informações relativamente importantes e com bom nível de segurança.

Concordo que a Wikipedia seja uma ferramenta muito importante e valiosa (já me ajudou muito). Mas o problema da Wikipedia é que os artigos são publicados por qualquer pessoa. E todos já devemos saber que, não é fácil encontrar artigos escritos de forma imparcial. Mesmo no meio jornalístico, grande parte das notícias que lemos, escondem parte da verdade ou, são tendenciosas.
Penso que com este novo serviço do Google, isso já não vai acontecer, pelo menos com tanta facilidade.

Penso que não devemos ter receio de concorrências, principalmente no que diz respeito às idéias e conhecimentos.
As idéias são os motores do desenvolvimento da humanidade e por diversas vezes o seu controle serviu para controlar os cidadãos. A primeira coisa que qualquer ditadura faz e introduzir a censura!
Um ponto a se considerar é a licença (copyright) dos artigos a serem publicados no KNOL. Na Wikipedia sabemos que são livres o que permite uma grande democratização da informação. Um professor pode pegar um artigo da Wikipedia, imprimir e distribuir para seus alunos, cobrando, se quiser, um pequeno valor que lhe permita ser reembolsado pelos gastos de impressão.
Como será no KNOL? Se o conteúdo tiver direitos autorais reservados, aqui no Brasil ninguém pode copiar, pelo menos em quanto estiver em vigor a nossa atual Lei de Direitos Autorais (LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998). Para quem não sabe, com esta lei o governo aboliu o direito de "fair use", "uso justo". Quem tiver interesse em conhecer mais esta indigna situação indico meu blog http://www.palavra.livre.pro.br

Eurico Zimbres
Professor da Faculdade de Geologia da UERJ

Belo trabalho esta a fazer aqui neste site Joosé, bons artigos também.
A briga do Google com a wikipedia não deveria existir, quando a Microsoft brigou com o Google, todo mundo estava lá ao lado do Google, isso era filosofia dos internaltas contra a ditadura de Bill Gates, agora a história é outra meus amigos, a clássica história de Davi contra Golias...
A Wiki pode não ganhar mas a Google ficará manchada pelo resto de seus dias como a Empresa que matou a "Cultura".