Viajar com o portátil pode ser complicado

Vai viajar? Leva o portátil ou PDA consigo? Pense duas vezes...

Um tribunal americano deliberou que os agentes das alfândegas dos aeroportos estão autorizados a procurar os conteúdos dos portáteis, PDAs ou qualquer outro equipamento electrónico, se assim acharem necessário. Podem fazer uma cópia de todo o conteúdo ou ficar em posse do equipamento por vários dias.

Existem relatos que os Estados Unidos não são os únicos, que na Inglaterra já tem acontecido situações semelhantes e noutros países também.

O que procuram eles?

Pornografia, software pirateado e claro está, indícios de actividades associadas com o terrorismo.

Como se proteger?

As formas de protecção são várias, e a mais simples de toda é não levar o portátil (duh!). No entanto, se tem mesmo que levar o portátil, aqui ficam algumas dicas:

  • Remova a informação que já não é necessária e passe para um sistema de backup;
  • Encripte o disco inteiro com softwares de encriptação (recomendo o software open-source TrueCrypt);
  • Faça uso da virtualização e use apenas o portátil como terminal.
  • Use as ferramentas online disponíveis como o Google Apps.

A ideia é simples, não transporte informação consigo ou então que esteja sempre encriptada.

Não se esqueça que os telemóveis, as câmaras fotográficas, as pen drives, os MP3 players são também alvo das buscas.

Tópicos: 

Comentários

Outra maneira de escapar a essas vistorias é de possuir um SO free (Linux/BSD-based) assim como free apps.

Olá Nuno,

Nesses casos também podes ser afectado, isto se valorizares a tua privacidade e não quiseres que vejam aquelas fotografias... tu sabes quais ;-)

Abraço,
José

Tenho amigos meus que ficaram UM ANO sem o portátil! Vou ter mais cuidado da próxima ;)

http://anedotasemuitomais.blogspot.com